Uma TITAN para um titã: CEO da NVIDIA, Jen-Hsun Huang, apresenta a nova TITAN X para Andrew Ng da Baidu

Todo mundo tem um herói. Andrew Ng, cientista-chefe da Baidu, é um dos pioneiros do aprendizado profundo e é um dos nossos.

O CEO da NVIDIA, Jen-Hsun Huang, decidiu organizar uma reunião com especialistas em aprendizado profundo em uma gloriosa noite de verão na Universidade de Stanford para divulgar a NVIDIA TITAN X, nossa placa de vídeo de última geração, e apresentá-la a Ng.

Mais de 500 acadêmicos, pesquisadores e estudantes — reunidos em uma sala aberta no clube dos professores de Stanford — rapidamente largaram o que estavam fazendo e pegaram seus celulares para registrar o momento.

“Quando fico emocionado, coisas estranhas acontecem”, Jen-Hsun disse ao público, vestido com uma das suas famosas jaquetas de couro. “Queríamos trazer o poder da supercomputação ao canal GeForce, para que todos no meio acadêmico pudessem se beneficiar”.

Um herói para todos nós

Em seguida, Jen-Hsun apresentou a primeira TITAN X para Ng, lendo uma epígrafe sobre a TITAN X que se referia a Ng como “um cientista pioneiro e incrível e nosso herói”.

As placas de vídeo — juntamente com a torrente de dados lançados pela internet — têm um papel importante no desenvolvimento do aprendizado profundo liderado por pesquisadores como Ng, que está sacudindo o mundo.

NVIDIA TITAN X

A nova NVIDIA TITAN X.

Em 2012, Ng deu a partida no campo da inteligência artificial ao utilizar placas de vídeo para ajudar a construir uma rede profunda de neurônios artificiais e executando 10 milhões de vídeos no YouTube no sistema para treinar um dos primeiros sistemas de aprendizado profundo. Desde então, a velocidade dos sistemas de aprendizado profundo aumentou 50 vezes.

Os resultados dos avanços feitos pelos pesquisadores como Ng visam modificar setores inteiros. Por isso, é justo que Ng, que agora lidera os esforços da Baidu para que o aprendizado profundo funcione em reconhecimento de voz e na pesquisa por imagem, seja um dos primeiros a receber uma TITAN X.

Um momento de transformação

“Assim como a eletricidade transformou setor após setor há 100 anos, penso que a IA desenvolvida pelo aprendizado profundo fará o mesmo”, afirmou Ng, que também é professor adjunto em Stanford, falando para a multidão na sala. “É difícil imaginar um setor que não será transformado pela IA na próxima década.”

É um campo em que ter acesso à infraestrutura de ponta é fundamental. “Se você for um pesquisador do aprendizado de máquina e tiver acesso a um computador com o dobro de velocidade, isso significa que você será duas vezes mais produtivo como um pesquisador”, disse Ng.

Uma empresa fora do comum, de fato, uma em que a TITAN X se encaixa perfeitamente. A TITAN X é a placa de vídeo ideal. Para todo o tipo de tarefa, a revolucionária placa de vídeo com tecnologia Pascal da NVIDIA oferece o poder de alcançar objetivos que você nunca imaginou serem possíveis.

“Uma das coisas que admiro na NVIDIA é que ela está atrás de inovação, e não apenas de lucro”, disse Ng.

Colocamos toda a potência bruta que conseguimos nesta placa de vídeo. Impulsionada pela potência de 3.584 NVIDIA CUDA® cores sendo executadas a 1,5 GHz, a TITAN X tem 11 TFLOPs de força bruta. Além disso, ela vem com 12 GB de memória GDDR5X – uma das tecnologias de memória mais rápidas no mundo.

O suspense dos pesquisadores

Membros do público na reunião suspiravam e aplaudiam conforme Jen-Hsun detalhava os recursos da TITAN X. A empolgação foi aumentando conforme Jen-Hsun chamava os números das cadeiras onde estavam as pessoas que ganhariam TITAN Xs.

“Esse é o primeiro lançamento de produto que faço estando próximo a pessoas usando camisetas”, afirmou Jen-Hsun.

“Isso é uma loucura. Estou completamente sem palavras. Nunca imaginei ver algo assim”, titubeou um dos organizadores do evento após a TITAN X ser divulgada. “Esse foi um dos lançamentos de produto mais insano da história da tecnologia.”

Histórias semelhantes