NVIDIA VR: ajuda a impulsionar o pipeline de renderização do ILMxLAB

AUTORIA: Gail Laguna

Ao criar conteúdo para o novo meio de realidade virtual, o ILMxLAB descobriu que é muito produtivo ter a Força (e as placas de vídeo da NVIDIA) com você.

O ILMxLAB da Lucasfilm foi construído no ano passado para criar experiências para uma nova geração de plataformas imersivas Além de lançarem seu novo experimento em VR, Trials on Tatooine, o ILMxLAB recentemente anunciou sua parceria com a startup de realidade misturada, Magic Leap para criar conteúdos originais relacionados a Star Wars.

Eles também estão trabalhando para criar experiências de VR de terceiros usando o pipeline de efeitos visuais tradicional do ILM em conjunto com a renderização em tempo real. Além disso, o xLAB continua a experimentar novas tecnologias com seu próprio material.

ToT_Screenshot_04_1458340231

Com um pipeline cheio de conteúdos ótimos, os artistas do LMxLAB contam com estações de trabalho HP Z equipadas com placas de vídeo profissionais NVIDIA Quadro que proporcionam mais velocidade. Com a tecnologia NVIDIA VRWorks VR SLI, que permite a atribuição de várias placas de vídeo a olhos específicos, eles aceleraram a renderização estéreo drasticamente.

“A VR SLI praticamente duplicou nosso poder de renderização e nos permite criar renderizações com maior fidelidade”, disse Lutz Latta, Líder de desenvolvimento em tecnologia e engenheiro principal no ILMxLAB.

Uma equipe formidável

O ILMxLAB é um novo laboratório de entretenimento imersivo que combina os talentos da Lucasfilm Story Group, da Industrial Light & Magic e da Skywalker Sound.

ToT_Screenshot_01_1458340085

Ele foi inaugurado no último mês de junho após uma impactante apresentação interna mostrar como uma história imersiva pode ser. Seguindo em frente, o ILMxLAB desenvolverá, produzirá e lançará experiências imersivas baseadas em histórias para você interagir em casa, no cinema e em locais públicos. O objetivo do ILMxLAB é permitir que as pessoas “entrem na história”.

“Ao transmitir um filme pela nuvem a um tablet, as barras negras ao redor do filme desaparecem e o expectador entra em um mundo de computação gráfica completamente interativo”, disse Latta. “Isso foi um exemplo da direção que a VR estava tomando e de como nós poderíamos encontrar novas oportunidades para contar histórias e engajar os fãs de nossas próprias histórias.”

O ILMxLAB pretende reinventar o modo como as histórias são contadas e vivenciadas usando novas plataformas de mídia como a VR com qualidade cinematográfica e o que houver de mais moderno em computação gráfica. Placas de vídeo NVIDIA Quadro e o software VRWorks são duas chaves pra o sucesso.

Star Wars em VR

Trazer o universo de Star Wars para VR com s experiência em VR Star Wars: Trials on Tatooine agora disponível no SteamVR, ajudou o ILMxLAB a descobrir com o que se parece uma contação de história em VR.

“Há uma linha tênue entre um video game em VR e uma experiência cinematográfica interativa que envolve os usuários na história”, afirmou Latta. “Queremos ter mais do envolvimento com a história e o mundo em que ela se passa e menos da natureza competitiva de um video game. Trials on Tatooine foi nosso primeiro passo para criar algo importante.”

Renderizações em alta fidelidade

Latta discutirá as tecnologias por trás de uma VR cinematográfica no NVIDIA Theater (estande 509) na SIGGRAPH, de 24 a 28 de julho. Ele falará sobre como adaptar ativos com qualidade de filme renderizados offline para a renderização em tempo real nos 11 sub-milissegundos por frame necessários para a VR — e algumas das lições que ele aprendeu nesse caminho.

Enquanto isso, o ILMxLAB continua a criar as experiências de VR mais imersivas. “Estamos fazendo testes e usando de quatro a oito placas de vídeo NVIDIA trabalhando juntas na renderização”, disse Latta. “Também estamos diminuindo a barreira entre criar ativos de filmes e ativos de VR, mantendo o foco em aumentar as taxas de frames continuamente.”

Veja mais discussões relacionadas a VR na SIGGRAPH, com participação da Jaunt VR, Epic, Sony Imageworks e outras. Veja a programação. completa. Siga a programação em #SIGGRAPH2016

Histórias semelhantes