Melhor em qualquer medida: o NVIDIA GRID oferece o primeiro monitoramento completo de placa de vídeo virtual do setor

Autoria: John Fanelli

Para extrair o máximo de seus trabalhos em virtualização gráfica, as equipes de TI necessitam ter visibilidade das implementações de placas de vídeo virtuais (vGPUs).

Com último lançamento do NVIDIA GRID, disponível a partir de 26 de agosto, os negócios ganharão conhecimentos práticos por meio de análise nos níveis de host e guest.

Com os novos recursos de monitoramento, o NVIDIA GRID passa a oferecer a primeira análise do setor baseada em placa de vídeo para ajudar a medir, gerenciar e dar suporte a ambientes de virtualização gráfica.

“Departamentos de TI de alto desempenho podem oferecer, dar suporte e avaliar serviços quase em tempo real”, diz Robert Young, diretor de pesquisa de Gerenciamento de serviços de TI e software de virtualização de clientes da IDC. “Com tecnologias como monitoramento do NVIDIA GRID, a equipe de TI pode obter valiosos conhecimentos com relação a aplicativos virtualizados de desempenho para otimizar e dimensionar suas implementações de VDI (infraestrutura de desktop virtual).”

O monitoramento do GRID oferece as informações mais detalhadas disponível em relação ao desempenho de GPUS virtualizadas. Assim, as empresas podem implementar ambientes gráficos virtuais mais rapidamente, obter maior economia e eficiência e demonstrar melhor valor da vGPU em toda a empresa.

O monitoramento do GRID inclui os seguintes conhecimentos do sistema acelerado por placa de vídeo:

  • Detecção de vGPUs — consultar os tipos de GPUs virtualizadas compatíveis, os tipos que podem ser criados e os atualmente ativos em uma placa de vídeo física.
  • Propriedades da vGPU — obter conhecimentos das propriedades do perfil de uma GPU virtualizada, como nome, número de telas compatíveis, resolução máxima, tamanho de framebuffer, atual status da licença e muito mais.
  • Relatórios de utilização — para uma máquina virtual/vGPU ativa, essas métricas relatam a média de utilização do mecanismo 3D, do framebuffer, do dispositivo de codificação e de decodificação desde o último ciclo de monitoramento.

A chave do sucesso das implementações gráficas virtuais

Combinado com GPUs NVIDIA Tesla M6, Tesla M60 ou nosso novo Tesla M10 GPUs, o novo NVIDIA GRID proporciona uma solução completa para implementações de gráficos virtualizados em toda a empresa com a mais abrangente visibilidade de vGPU.

Também disponível em 26 de agosto, o Tesla M10 possibilitará que os departamentos ofereçam a mais alta densidade de usuários e a melhor experiência do usuário disponíveis para todos os modernos aplicativos de negócios, como Outlook, Office 2016, navegadores da Web, Adobe Photoshop e o sistema operacional Windows 10.

Amplo suporte do setor para o NVIDIA GRID

A versão do NVIDIA GRID de agosto de 2016 é lançada com suporte dos principais fornecedores de aplicativos e virtualização em todo o setor:

“O monitoramento do NVIDIA GRID é a próxima etapa no fornecimento da experiência ideal de desktops virtuais e estações de trabalho virtuais acelerados por gráficos. Com esses conhecimentos da vGPU GRID, os departamentos de TI entenderão melhor suas cargas de trabalho para projetar o ambiente virtualizado certo com a melhor experiência do usuário usando VMware Horizon e NVIDIA GRID vGPU.”
— Pat Lee, vice-presidente, gerenciamento de produtos, desktops e aplicativos em nuvem, End-User Computing da VMware

“À medida que as empresas compreendem o poder da aceleração gráfica no datacenter, os administradores precisam de conhecimento do desempenho e das cargas de trabalho da vGPU para otimizar seu uso. As novas APIs de monitoramento do NVIDIA GRID prometem ser valiosos habilitadores para gerar maior adoção da aceleração gráfica no datacenter.”
— Calvin Hsu, vice-presidente de marketing de produtos e fornecimento de aplicativos Windows da Citrix Systems, Inc.

“A eG Innovations está entusiasmada porque a NVIDIA integrou inteligência de monitoramento diretamente a seu inovador software GRID e para ter acesso antecipado a fim de aproveitar esses novos conhecimentos e análises. Isso proporciona uma experiência de usuário final ainda mais imersiva e potente.”
— Matt Wrabley, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da eG Innovations.

“A aceleração de placas de vídeo e a análise avançada de gráficos são críticas para nossos clientes da SysTrack, e nosso acesso antecipado ao monitoramento do NVIDIA GRID possibilitou isso para placas de vídeo físicas e virtuais. Isso destaca o que é possível com a Lakeside e a NVIDIA.”
— Dan Salinas, vice-presidente de desenvolvimento de negócios da Lakeside Software

“Visibilidade da placa de vídeo é um dos últimos desafios nos espaços de trabalho de última geração, como VDI, RDSH e outras cargas de trabalho baseadas em host, e estamos ansiosos para incluir as métricas da NVIDIA no Stratusphere. A adição de métricas centradas em placas de vídeo ajudará o setor a unir-se em torno das práticas recomendadas e, em última análise, aprimorar a experiência que o usuário tem com essas plataformas.”
— J. Tyler Rohrer, cofundador, Liquidware Labs

Disponibilidade

A versão do NVIDIA GRID de agosto de 2016 está disponível gratuitamente para todos os clientes de assinatura e suporte do NVIDIA GRID a partir de 26 de agosto. Futuras versões de recursos de software da NVIDIA serão lançadas duas vezes ao ano. Os clientes do NVIDIA GRID podem acessar os recursos de monitoramento do GRID de três formas:

  • Negócios tradicionais com suas ferramentas nativas existentes — Perfmon, NVSMI e GPUz
  • Provedores de aplicativos de virtualização e gerenciamento, inclusive Citrix, VMware, EG Innovation, Lakeside Software e Liquidware Labs.
  • Aplicativos personalizados por meio do SDK aberto GRID Management.

Saiba mais em VMWorld

Para ver o monitoramento do NVIDIA GRID em ação, visite-nos no VMworld, de 29 de agosto a 1º de setembro no estande 955. Saiba mais sobre aceleração gráfica no datacenter durante nossas discussões no VMworld. E siga os eventos na exposição em #vmworld.

Histórias semelhantes