Imagem perfeita: melhoria fotográfica com tecnologia de IA em um smartphone próximo de você

Casa ou caça, ave ou nave? O aprendizado profundo e a computação de placa de vídeo levaram rapidamente as capacidades da tecnologia de reconhecimento de imagem para níveis sobre-humanos.

Agora, a PicsArt, fabricante do editor de foto social de mesmo nome, está aplicando essa inovação de inteligência artificial à criação de imagens.

Chegando ao mercado hoje, “Magic Effects” é um novo recurso da versão mais recente do aplicativo PicsArt, que já foi baixado mais de 300 milhões de vezes e tem 80 milhões de usuários mensais ativos. O recurso Magic Effects usa IA com placa de vídeo pra analisar a qualidade e o contexto das fotos, além de permitir que os usuários transformem suas imagens em segundos com uma série de filtros personalizados com base na análise da IA.

Se, por exemplo, um usuário aplicar o efeito “Neo Pop” em uma foto, o resultado não será padronizado. Em vez disso, será personalizado com base na qualidade da foto em questão. Os usuários podem personalizar ainda mais os filtros usando uma variedade de ferramentas de interface de toque.

Veja um exemplo de um filtro de Magic Effects em ação, transformando uma foto em uma pintura colorida.

PicsArt Magic Effects filter

Transformando todos em artistas
A ideia é tornar a arte e a fotografia mais acessíveis para um número maior de pessoas, diz o cofundador da PicsArt, Artavazd Mehrabyan.

“Com a IA, podemos desenvolver ferramentas muito mais sofisticadas que compreendam o contexto visual de uma foto e apliquem as técnicas aprendidas para fazer a imagem ficar como o fotógrafo quer”, disse Mehrabyan. “A inteligência artificial está revelando todo um universo de novas técnicas criativas na fotografia.”

O aplicativo PicsArt atualizado também permitirá que os usuários pesquisem por imagens semelhantes, façam buscas por tipo de imagem e, de um modo geral, permitirá que fotógrafos amadores aproveitem suas fotos mais do que nunca.

Placas de vídeo atendendo às demandas da IA
A PicsArt usou uma combinação das placas de vídeo GeForce GTX e das instâncias de placa de vídeo da Amazon Web Services para treinar sua IA e seus algoritmos de pesquisa por imagem semelhante, bem como para escala e produção. Mehrabyan firma que a empresa não poderia ter usado CPUs para obter o tipo de comercialização e de recursos de efeitos fotográficos que as placas de vídeo permitiram.

PicsArt GTX 1080
GeForce GTX 1080 recebendo tratamento do PicsArt.

“Desenvolver os modelos de IA por trás dos novos Magic Effects exige sessões de treinamento longas e de vários dias para cada filtro”, afirma. “Esse é um processo que temos que repetir sucessivas vezes até chegarmos aos resultados ideais.”

Os recursos que o PicsArt está introduzindo estão só começando. A IA com placa de vídeo continuará ampliando as possibilidades da fotografia, permitindo que qualquer pessoa que tenha um smartphone transforme suas fotos em arte, afirma Mehrabyan. (E as compartilhe nas mídias sociais, o que o PicsArt facilita.)

“Nós vemos muito mais automatização na parte das ferramentas, e isso permitirá que os consumidores em massa tenham fácil acesso às mais avançadas ferramentas de criatividade”, disse Mehrabyan. “A IA não substituirá a criatividade, mas permitirá que as pessoas a explorem e expressem.”

Histórias semelhantes