Mais do que uma suposição: FCAT VR mede a qualidade da sua experiência de realidade virtual

by singteam

É fácil identificar uma VR ruim. Mas pode ser difícil de entender.

A NVIDIA anuncia uma nova ferramenta de análise da captura de quadros (ou frames) para realidade virtual, denominada FCAT VR, para auxiliar desenvolvedores de VR, imprensa e entusiastas a analisar o desempenho e a qualidade da experiência em VR.

As ferramentas tradicionais de medição do desempenho, como o FRAPS, medem o que acontece no monitor do desktop em vez de levar em consideração os óculos de VR. Elas se concentram apenas na taxa de frames. Não medem travamentos, interrupções nem latência, fatores que causam um grande impacto na experiência de VR.

É essencial medir os travamentos e a latência, principalmente em VR, pois eles podem prejudicar a experiência a ponto de causar cinetose, distúrbio causado por um movimento não habitual do corpo.

Devido à limitação das ferramentas existentes, o método de avaliação comum é vivenciar a VR e identificar quais são suas percepções. Há interrupções? Há travamentos? Expanda a visualização e sinta a suavidade do movimento. Mas esse método deixa uma grande margem para interpretações.

A FCAT VR elimina as suposições dos testes de desempenho de VR com um processo objetivo que utiliza dados. Ela se baseia na FCAT, a ferramenta de análise de captura de frames que nós lançamos em 2013 para servir como parâmetro de comparação da qualidade gráfica nos games. A FCAT VR se utiliza disso para oferecer uma medição de desempenho abrangente dos travamentos e do tempo de intervalo de frames nos óculos de VR sem precisar de um hardware externo especial para captura. A ferramenta é compatível com o Oculus Rift e o HTC Vive.

Características subjacentes

A renderização em VR é muito mais complicada e exigente do que a renderização tradicional. A placa de vídeo precisa renderizar em uma resolução mais alta. A experiência de VR de alta qualidade requer uma taxa de frames muito alta e consistente, além de uma latência muito baixa entre o movimento da cabeça e a saída do monitor. E os frames precisam ser pré-distorcidos ou "desvirtuados" para compensar o efeito de olhar para o monitor usando lentes ópticas.

A alta latência causada por problemas, tais como tempo de intervalo de frames maior do que o esperado, taxa de frames inconsistente, quedas na taxa de frames e ausências de distorção, prejudica a experiência de VR. Para garantir que a FCAT VR reflita a verdadeira experiência de VR, a ferramenta captura e monitora quatro métricas principais de desempenho:

  • Tempo de intervalo de frames — como a FCAT VR oferece uma cronometragem detalhada, é possível medir o tempo gasto para renderizar cada frame. Quanto menor for o tempo de intervalo de frames, maior será a possibilidade de que o aplicativo manterá a taxa de 90 frames por segundo necessária para a qualidade da experiência de VR. Essa medida também permite compreender o espaço disponível para aumentar o desempenho do PC acima do limite de 90 FPS do VSync empregado pelos óculos de VR.
  • Quedas na taxa de frames — sempre que o frame renderizado pelo game VR chega muito tarde para os óculos exibirem, ocorre uma queda na taxa de frames. Isso provoca o travamento do game e aumenta a percepção da latência, podendo gerar desconforto.
  • Ausências de distorção — ocorrem sempre que o tempo de execução não consegue produzir um novo frame (ou um frame projetado novamente) no intervalo atual de atualização. O usuário percebe essa ausência como um travamento significativo.
  • Frames sintetizados — ASW (Asynchronous Spacewarp, cenário de distorção assíncrona) é um processo que aplica a detecção de animações dos frames renderizados anteriormente para sintetizar um frame novo e previsto. Se a FCAT VR detecta muitos frames ASW, sabemos que o sistema está tendo dificuldades para atender às demandas do game. Um frame sintetizado é melhor do que uma queda na taxa de frames, mas não é tão bom quanto um frame renderizado.

Captar o desempenho, analisar os resultados

Capture_Performance
Ferramenta de captura de software FCAT VR

A FCAT VR contém duas partes: a FCAT VR Capture é um software utilitário simples para obter métricas detalhadas de desempenho sem precisar um hardware especializado de captura. A FCAT VR Analyzer facilita a visualização e análise dos dados coletados em uma interface gráfica do usuário.

text
FCAT VR Analyzer

A ferramenta estará disponível para download em GeForce.com em breve.