Das profundezas do oceano aos mundos alienígenas: mais uma vez, todos os indicados ao Oscar de melhores efeitos visuais usam a tecnologia NVIDIA

O Oscar de melhores efeitos visuais faz parte da maior premiação do cinema desde 1977. Na verdade, ele já existia antes disso, mas com outro nome. O filme Asas ganhou o primeiro prêmio de "efeitos de engenharia" 50 anos antes.

Agora, quase um século depois, as placas de vídeo NVIDIA Quadro estão por trás de todos os filmes indicados ao prêmio de melhores efeitos visuais por nove anos consecutivos.

Os indicados ao Oscar deste ano, entregue em 28 de fevereiro, incluem Doutor Estranho, Rogue One: Uma História Star Wars, Horizonte Profundo: Desastre no Golfo, Kubo e as Cordas Mágicas e Mogli: O Menino Lobo, que recebeu recentemente o BAFTA de efeitos visuais.

The Jungle Book is up for best visual effects oscar
Mogli: O Menino Lobo está entre os indicados ao Oscar de melhores efeitos visuais deste ano. Imagem gentilmente cedida pela MPC Film.

"Para criar as personagens e os ambientes exuberantes e detalhados de Mogli: O Menino Lobo, tivemos que desenvolver várias tecnologias de ponta. Também aproveitamos a potência das placas de vídeo NVIDIA Quadro para criar visualizações muito mais rápidas e detalhadas das cenas", afirma Damien Fagnou, chefe de tecnologia da MPC Film.

Além dos melhores efeitos visuais

A renderização acelerada por placas de vídeo já recebeu o reconhecimento da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas este ano.  Na apresentação dos prêmios científicos e técnicos, em 11 de fevereiro, Vlado Koylazov, cofundador da Chaos Group, recebeu uma placa da Academia pela contribuição da empresa em levar imagens realistas de CGI à tela do cinema. Só em 2016, o renderizador V-Ray da Chaos Group foi responsável pelas imagens incríveis de filmes como Doutor Estranho, Capitão América: Guerra Civil e Deadpool.

E agora é possível fazer renderizações sete vezes mais rápidas com o V-Ray 3.5 para Autodesk 3ds Max.

Saiba como os artistas de efeitos visuais usaram placas de vídeo NVIDIA para criar esses e outros projetos. Fagnou, da MPC Film, e Blago Taskov, da Chaos Group, falarão sobre seus trabalhos na GPU Technology Conference deste ano, de 8 a 11 de maio no Vale do Silício.