Tecnologia da NVIDIA no MBUX da Mercedes-Benz: a cabine com IA da próxima geração

by anasillas

Como serão as cabines de automóveis da próxima geração?

A Mercedes-Benz respondeu a essa pergunta na CES 2018, em Las Vegas, apresentando um novo sistema radical de entretenimento informativo dentro do carro que coloca a IA para funcionar e revolucionar o modo como motoristas e passageiros interagem com seus veículos.

“Pretendemos revolucionar o modo como interagimos com os carros”, Ola Källenius, membro da diretoria de gerenciamento do Daimler AG Group Research & Mercedes-Benz Cars Development, disse para um público composto de imprensa, analistas e executivos do setor automotivo reunidos no estande cinza prateado da Mercedes na sala de exposições da CES.

Usando a IA e Deep Learning, Källenius prometeu uma “revolução” no modo como interagimos com nossos carros. “Isso não tem nada a ver com aprimoramentos incrementais com os quais estávamos acostumados a interagir com nossos carros”, ele afirmou.

Trata-se de um projeto com objetivos ambiciosos.

“Eu quero criar o cockpit mais avançado do mundo do futuro, e ela vai ter computação gráfica, mas, mais importante, é que ela vai ter inteligência artificial para revolucionar a experiência do usuário”, disse o CEO da NVIDIA, Jensen Huang, em um encontro particular com um pequeno grupo de pessoas da impressa depois do anúncio.

Chegando perto de você: Ola Källenius explicou que, com o último anúncio da Mercedes-Benz, o que acontece em Las Vegas não ficará em Las Vegas.

“Todos os principais sistemas MBUX são desenvolvidos em conjunto com a NVIDIA e habilitados por sua tecnologia”, Sajjad Khan, vice-presidente da unidade Digital Vehicle and Mobility na Mercedes-Benz, contou para um pequeno grupo de jornalistas depois do evento.

Cumprindo o anúncio de 2017

O anúncio vem um ano após Huang se juntar aos executivos da Mercedes-Benz na CES 2017 e dizer que suas empresas estavam fazendo um trabalho colaborativo em um carro com IA integrada que estaria pronto em 2018.

Huang disse que a velocidade extraordinária do projeto exigiu um novo fluxo de trabalho.

“Por causa da complexidade do trabalho que estamos fazendo em um curto prazo, decidimos criar um novo tipo de relação de trabalho, de modo que os nossos engenheiros no Vale do Silício e os seus engenheiros na Alemanha trabalhem juntos como uma equipe”, Huang relatou para os jornalistas depois do evento da Mercedes. “E nós trabalhamos juntos em alto nível (fornecedores). Como resultado, conseguimos alcançar inovações simultâneas, integrá-las a um carro, testá-las e levá-las ao mercado.”

Com as tecnologias de IA da NVIDIA, o Mercedes-Benz User Experience, ou MBUX, terá lindas e novas telas touch-screen em 3D. Ele pode ser controlado com um novo assistente ativado por voz que pode ser invocado com a frase “Hey, Mercedes”.

“Todo mundo concorda que o sistema é maravilhoso, mas a inteligência é seu diferencial”, diz Khan. “É um sistema de aprendizagem inteligente que se adapta às necessidades dos clientes”, lembrando que esses detalhes consistem nas configurações de volante e assento, luzes e outros recursos para conforto.

Sajjad Khan, vice-presidente da unidade Digital Vehicle and Mobility na Mercedes-Benz, falando sobre a tecnologia que habilita o MBUX terça-feira, na CES.

O anúncio destaca a importância da IA para sistemas de entretenimento informativo da próxima geração dentro do carro, mesmo que fabricantes de automóveis estejam correndo para colocar a IA para funcionar e ajudar veículos a rodar com autonomia ao redor do mundo.

Usando a IA para personalizar a experiência de dirigir

O novo sistema de entretenimento informativo tem como objetivo usar a IA para se adaptar aos motoristas e passageiros — sugerindo automaticamente suas músicas favoritas para ir para casa ou oferecendo direções para um restaurante favorito na hora do jantar. Ele também terá benefícios das atualizações “over-the-air” que fornecem novos recursos e funcionalidades.

Huang falou aos jornalistas que a Mercedes-Benz escolheu a NVIDIA por causa da tecnologia gráfica e do desempenho de IA de seu processador, que oferecerá não somente animação 3D em tempo real, como também tecnologia gráfica suave e sem latências em uma tela touch-screen. Ele também tem capacidade adicional para permitir que mais recursos sejam adicionados com o tempo em atualizações over-the-air.

“Este é o sistema para o interior de veículos em produção mais poderoso do mundo”, afirmou Huang.

Com estreia para o próximo mês na nova Classe A, o MBUX habilitará visualizações espetaculares em toda a tela que proporcionam navegação, entretenimento informativo e outros recursos, botões touch-control no volante do carro, bem como um assistente inteligente que pode ser habilitado com um comando de voz.

É uma interface que pode mudar sua aparência para refletir o humor do motorista — esteja ele procurando serenidade ou empolgação — e entender o modo como um usuário fala.

“Criamos uma experiência de usuário em um carro nunca vista antes: é intuitiva, simples, inesperada e, ao mesmo tempo, muito charmosa e sensual”, Gorden Wagener, Chief Design Officer da Mercedes, disse para o público. “Ou seja, é o sistema operacional mais incrível e atraente já visto.”

Porém, o MBUX vai além de lindas telas, explicou Khan.

Ao falar com um sistema de reconhecimento de voz, não precisaremos mais dar comandos robóticos, como “verificar o tempo em Las Vegas”, disse Khan.

“Ninguém fala mais assim”, afirmou Khan.

“Em vez disso, você pode simplesmente dizer ‘Hey, Mercedes, posso usar minhas sandálias amanhã?”, ele disse. “Você pode ir em frente e ter uma conversa com seu carro quase da mesma forma que você tem com as pessoas andando com você.”

O sistema está disponível em 23 idiomas diferentes e será constantemente atualizado para garantir que esteja com as gírias mais recentes em dia, disse Khan.

Fazendo os carros se sentirem mais humanos

Para concluir, Källenius explicou que a Mercedes tem o objetivo de usar tecnologia para fazer seus carros se sentirem mais humanos. “Queremos uma simbiose de excelente tecnologia e fantástico design que faz com que as pessoas se sintam confortáveis”, disse Källenius.

A estreia do MBUX será no primeiro semestre deste ano, no novo e elegante compacto Classe A da montadora e, posteriormente, será implementado na próxima geração de carros compactos da Mercedez-Benz.

Esta é a primeira do que se espera ser um longo período de grandes parcerias entre as empresas.

Julgando pela reação do público, trata-se de um sistema de entretenimento informativo que causou uma boa impressão — mesmo antes de responder a sua primeira pergunta depois de sair do lote da concessionária.