Metal Gear Survive será lançado dia 22 de fevereiro.

by anasillas

Metal Gear Survive será lançado dia 22 de fevereiro com suporte ao ShadowPlay Highlights e melhorias exclusivas para PC.

Por Chris Comiskey e Andrew Burnes em 16 de fevereiro de 2018, sexta-feira Histórias em destaque, Recomendações de placa de vídeo, ShadowPlay Highlights

Sobreviver. Esse é o seu objetivo. O mundo alternativo de Metal Gear Survive, é tudo menos acolhedor. Um passo errado ou uma decisão ruim poderá resultar em desastre. Vá atrás de comida, procure água potável e armas modernas, economize munição e construa defesas para se proteger contra as legiões de Wanderers grosseiramente deformados.

Criado com a mesma Fox Engine do Metal Gear Solid V: The Phantom Pain, no Metal Gear Survive você joga como soldado a serviço do Big Boss, destacado na Mother Base. O ano é 1975. As coisas estão como de costume, até que uma força XOF inicia um ataque inesperado nas instalações. A Mother Base sucumbe, e o Big Boss escapa. Logo após o incidente, um terrível buraco de minhoca aparece, aspirando os soldados restantes e os equipamentos destruídos. Você consegue se salvar e acorda em um posto avançado de pesquisa clandestino, onde é forçado a entrar no buraco de minhoca. Do outro lado, há um pesadelo – uma paródia distorcida do mundo normal, repleta de perigo. Você precisará forjar alianças com outros sobreviventes e descobrir um caminho de volta para casa.

Existem dois modos distintos em Metal Gear Survive: single-player e cooperativo. No modo single-player, manter-se saudável e controlar a fome e a sede são ações primordiais. Ao começar, você notará os escombros de um acampamento de base rudimentar. Esse será o seu refúgio durante todo o jogo. Nele, você produzirá tudo o que precisa, de armas poderosas a itens importantes para recuperação, de veículos a alimentos.

Ao longo da sua campanha, você encontrará outros sobreviventes, que recrutará para o seu lado. O acampamento de base serve como a central da sua equipe, e quanto mais pessoas você reunir, mais defensável e forte será o acampamento. Ao longo do tempo, você aumentará e reforçará o acampamento de base com paredes, fortificações e outras estruturas que criam alimentos e água, armas avançadas, munições e impedem a invasão de criaturas.

Ao sair do acampamento de base, você rapidamente descobrirá que uma névoa estranha e perigosa cobre todos os cantos do mundo. Você não tem certeza de onde ela veio, mas sabe que respirar essa névoa é uma ideia muito ruim. Com um tanque de oxigênio e uma máscara respiratória, você pode se aventurar pela névoa ileso, mas será preciso ficar atento ao seu medidor de O2, ou você ficará em maus lençóis.

Pode parecer uma escolha sábia evitar a névoa. No entanto, há muitos materiais e informações vitais que você desejará coletar. As expedições na névoa serão um tema recorrente, com uma notável dinâmica de alto risco/alta recompensa. Porém, os monstros dentro da névoa acabam com o precioso oxigênio, e lutas longas e cansativas podem prejudicar seus suprimentos. É nesse ponto que o componente de stealth clássico da série Metal Gear entra em ação – é sempre vantajoso se esgueirar ao redor de adversários para evitar o conflito, permitindo a exploração mais a fundo da névoa. Naturalmente, até mesmo suas melhores tentativas de stealth podem falhar. Quando isso acontecer, você ficará frente a frente com diferentes variedades de monstros, todos muito hostis.

Enquanto isso, no modo cooperativo para quatro pessoas, você montará uma equipe de amigos ou jogadores selecionados para enfrentar diversas missões desafiadoras e, ao mesmo tempo, defender sua base. As recompensas por completar essas missões são imensas, mas isso exigirá sutileza e planejamento para executá-las adequadamente. Em particular, você precisará dividir sua equipe e seus recursos para garantir que a base seja defendida enquanto as missões são realizadas em outros lugares.

Não se preocupe, um guerreiro solitário é fatal, mesmo no modo cooperativo, graças a unidades interceptoras, armadilhas e unidades defensivas, como metralhadoras, torres e morteiros, que podem abater bandos de adversários como aves.

Embora os modos cooperativo e para um jogador tenham objetivos e estilos diferentes, o progresso de um modo passa para o outro. Dessa forma, você pode usar as recompensas recebidas no modo cooperativo para suas empreitadas solitárias ou usar armas e itens descobertos no modo para um jogador nas suas missões cooperativas. Passe o seu tempo em um modo ou outro, ou divida sua diversão entre eles igualmente – você decide.

Independentemente do modo escolhido para jogar, seus melhores momentos serão capturados automaticamente graças ao ShadowPlay Highlights, que gravará e salvará matanças, mortes furtivas, conclusão de missões e outras oito ações em Metal Gear Survive. Quando parar de jogar, reveja seus Highlights e selecione quais deseja salvar e quais enviar para o YouTube, Facebook e outros serviços.

Para usar o ShadowPlay Highlights no Metal Gear Survive, baixe e instale a versão mais recente do GeForce Experience no aplicativo ou em nosso site, bem como o driver Game Ready mais recente. Em seguida, basta carregar o jogo e clicar em “Sim” na mensagem de Highlights na tela.

Se você está louco para jogar o Metal Gear Survive, talvez esteja interessado em saber que a edição para PC tem algumas melhorias gráficas, além de poder ser executada em 4K verdadeiro a 60 FPS+ (mais sobre isso posteriormente). De modo mais evidente, a edição para PC melhorou bastante o sombreamento de oclusão de ambiente, resultando em uma maior sensação de profundidade e detalhamento dos objetos, conforme demonstrado pela comparação interativa abaixo.

Para revelar ainda mais a dimensão da melhoria, podemos colocar o Metal Gear Survive em um modo de exibição em que apenas sombras de oclusão de ambiente são renderizadas:

Em outra parte do jogo, a Konami elevou a qualidade dos God Rays implementados recentemente, que estão mais visíveis ao explorar a névoa. No PC, esses raios de luz são renderizados em uma resolução significativamente maior, aumentando a visibilidade e a fidelidade, aprimorando ainda mais a qualidade da imagem e a sensação sinistra das áreas com névoa. Para ver um exemplo, confira as comparações interativas abaixo.

Se deseja jogar o Metal Gear Survive com os efeitos visuais ativados, você precisará do hardware certo. Para determinar qual é o hardware ideal, colocamos o jogo em ação em nosso laboratório de teste.

 

Como os resultados acima revelam, uma GeForce GTX 1050 acessível é mais do que suficiente para uma taxa fluida de 60 FPS em 1920 x 1080. Entretanto, note que o Survive usa a CPU de maneira surpreendente. Por exemplo, com um i5-6600K, nossa GeForce GTX 1050 executou o jogo a 63 FPS, mas com um i3-6300, o número de FPS diminuiu para 57, e o FPS mínimo chegou a 46. Então, se você estiver se preparando para o Metal Gear Survive, verifique se a CPU também aguenta a missão.

Se tiver ou comprar um PC super-rápido que constantemente atinge o limite de 60 FPS do jogo, você poderá desativar o limite facilmente e sem problemas abrindo C:\Program Files (x86)\Steam\userdata\youruserid\543900\local\SSD_GRAPHICS_CONFIG e alterando a linha “framerate_control” : “Auto” para “framerate_control” : “Variable” antes de salvar o arquivo.

Com uma placa de vídeo GeForce GTX 10-Series, o Metal Gear Survive é um deleite no PC. Você terá gráficos com a maior fidelidade possível, os melhores níveis de desempenho e tecnologias para aprimoramento do jogo, como ShadowPlay Highlights, G-SYNC e GameStream. Para ver com os próprios olhos, jogue a versão Beta aberta neste fim de semana. Se você gostar do que viu e não puder esperar para voltar e surpreender alguns inimigos bizarros, acesse a página do Metal Gear Survive no Steam e faça a encomenda. Ou aguarde as resenhas antes do lançamento do jogo, em 20 de fevereiro.