NVIDIA lança Morpheus para Levar Automação Baseada em AI para a Indústria de Segurança Cibernética

Novo framework impulsionado por GPUs NVIDIA e DPUs BlueField permite que provedores de segurança cibernética desenvolvam soluções de AI que podem detectar instantaneamente violações cibernéticas
por Alex Shapiro

A NVIDIA anunciou na sua última edição do GTC, realizada em novembro, o framework de aplicações NVIDIA Morpheus, que fornece aos parceiros de segurança cibernética um conjunto completo de habilidades de AI acelerada que detectam e previnem ameaças à segurança conforme elas acontecem.

NVIDIA Morpheus é um framework de cibersegurança nativa do cloud que usa machine learning para identificar, capturar e agir em ameaças e anomalias que antes eram impossíveis de identificar, incluindo vazamentos de dados confidenciais não criptografados, ataques de phishing e malware. A implantação do Morpheus com aplicações de segurança aproveita a computação AI da NVIDIA e as DPUs NVIDIA® BlueField®-3 para fornecer aos usuários a capacidade de proteger o data center de seu núcleo ao edge.

“Os modelos de segurança Zero Trust exigem que monitoremos todas as transações no data center em tempo real. Isso representa um desafio técnico significativo: a necessidade de detectar intrusões no servidor, detectar ameaças imediatamente e operar na taxa de dados de data centers modernos”, disse Jensen Huang, fundador e CEO da NVIDIA. “O NVIDIA Morpheus combina a rede Mellanox no servidor e AI da NVIDIA para fazer em tempo real, todos os pacotes de inspeção para antecipar ameaças e eliminá-los à medida que surgem.”

O Morpheus, quando combinado com as DPUa BlueField, permite que cada nó de computação na rede sirva como um sensor de defesa cibernética no edge, permitindo que as organizações analisem cada pacote com velocidade de taxa de linha sem replicação de dados. Em contraste, as ferramentas tradicionais de segurança AI normalmente obtêm amostras de cerca de 5% dos dados de tráfego da rede, levando a algoritmos de detecção de ameaças baseados em modelos incompletos.

O Morpheus aplica telemetria em tempo real, aplicação de políticas e processamento no edge, juntamente com AI para analisar mais dados de segurança sem sacrificar o custo ou o desempenho. Os desenvolvedores também podem criar suas próprias habilidades de Morpheus AI usando modelos de deep learning, aproveitando os investimentos em IP existentes.

Ecossistema de Segurança Habilitado para AI

Os principais fornecedores de hardware, software e soluções de segurança cibernética estão trabalhando em estreita colaboração com a NVIDIA para otimizar e integrar as ofertas de segurança do data center com o framework NVIDIA Morpheus AI. Isso inclui ARIA Cybersecurity Solutions, Cloudflare, F5, Fortinet e Guardicore, juntamente com fornecedores de plataforma de cloud híbrido Canonical, Red Hat e VMware.

“Defender ambientes complexos e em evolução exige visibilidade constante”, disse Adam Mishler, diretor de segurança da informação da Best Buy. “Fornecer mapas de rede dinâmicos em tempo real ajudará a identificar áreas onde podemos fortalecer ainda mais nossa postura e servir como base para aprimorar a detecção de anomalias baseada em ML. O framework NVIDIA Morpheus ajuda a fornecer uma plataforma flexível e escalonável para detecção de anomalias, capaz de se adaptar ao cenário de ameaças cibernéticas em constante mudança.”

“Com uma superfície de ataque em rápida expansão, nossas ferramentas para detecção avançada no edge estão se tornando cada vez mais importantes”, disse Aaron Sant-Miller, cientista-chefe de dados da Booz Allen Hamilton. “Fizemos uma parceria com a NVIDIA para projetar, desenvolver e fornecer ferramentas portáteis de AI cibernética que atendem a essa necessidade. Morpheus é a base para nosso Cyber ​​Precog Flyaway Kit, uma plataforma de caça cibernética habilitada para AI que reúne a computação do data center em um formato pequeno e robusto de GPU.”

“A Splunk está entusiasmada em colaborar com a NVIDIA para descobrir mais maneiras de utilizar o deep learning acelerado por GPU para aprimorar a forma como ajudamos nossos clientes a transformar seus dados em ação”, disse Tim Tully, vice-presidente sênior e diretor de tecnologia da Splunk. “Esperamos usar o framework Morpheus para fornecer um caminho para nossa equipe criar protótipos e integrar rapidamente novos recursos em nossa plataforma, bem como transferir tarefas de computação intensiva para arquiteturas de GPU para ajudar nossos clientes.”

Além disso, o Morpheus é otimizado para funcionar em Sistemas Certificados pela NVIDIA™ dos principais fabricantes de servidores do mundo, incluindo Atos, Dell Technologies, GIGABYTE, H3C, HPE, Inspur, Lenovo, QCT e Supermicro.

Disponibilidade

Desenvolvedores de rede e cibersegurança, parceiros de software, startups e fabricantes de computadores podem se inscrever agora para ter acesso antecipado à plataforma NVIDIA Morpheus.