A NVIDIA Oferece Mais Ferramentas a Artistas, Designers e Cientistas de Dados Trabalhando Remotamente

A versão mais atual da vGPU melhora a eficiência operacional para administradores de IT, além de adicionar novos parceiros e cargas de trabalho.
por Anne Hecht

Para muitas organizações, a pandemia de coronavírus criou uma mudança permanente em como seus funcionários trabalham. A partir de agora, eles terão a opção de colaborar em casa ou no escritório.

A NVIDIA está dando a esses milhões de profissionais em todo o mundo um impulso com a nova versão do software de GPU virtual, vGPU July 2020. O software inclui suporte para mais cargas de trabalho e está repleto de recursos que melhoram a eficiência operacional para os administradores de IT.

A virtualização de GPU é fundamental para oferecer a todos, de designers a cientistas de dados, uma maneira flexível de colaborar em projetos que exigem gráficos e potência computacional avançados, onde quer que eles estejam.

A produtividade dos funcionários foi a principal preocupação entre as organizações em relação ao trabalho remoto devido à pandemia de COVID-19, de acordo com pesquisas recentes da IDC. Quando a empresa de inteligência de mercado entrevistou clientes da NVIDIA usando computadores virtuais acelerados por GPU, descobriu que organizações com 500 a 1.000 usuários tiveram um aumento de 13% na produtividade, resultando em uma economia anual de aproximadamente US$ 1 milhão.

De acordo com Alex Herrera, Analista da Jon Peddie Research/Cadalyst, “em um ambiente centralizado de computação com tecnologia de GPU virtualizada, os usuários não precisam mais estar presos às suas workstations físicas. Conforme comprovado recentemente com o trabalho remoto, as empresas podem se transformar rapidamente, possibilitando o acesso em qualquer lugar e a qualquer momento a grandes dados sem comprometer o desempenho”.

Suporte Expandido no Data Center e no Cloud com SUSE

A NVIDIA expandiu o suporte a hipervisores com uma parceria com o SUSE em seu Linux Enterprise Server, oferecendo suporte a vGPU em sua plataforma de máquina virtual baseada em kernel.

As ofertas iniciais serão compatíveis com o software NVIDIA vComputeServer, possibilitando a virtualização de GPU para cargas de trabalho de AI e ciência de dados. Isso expandirá as opções da plataforma de hipervisor para empresas e provedores de serviços no cloud que estão vendo uma necessidade maior de oferecer suporte a GPUs.

“A demanda por computação acelerada cresceu além de ambientes HPC especializados em data centers virtualizados”, afirmou Brent Schroeder, Diretor de Tecnologia Global do SUSE. “Para garantir que as necessidades dos líderes de negócios sejam atendidas, o SUSE e a NVIDIA trabalharam para simplificar o uso de GPUs virtuais da NVIDIA no SUSE Linux Enterprise Server. Esses esforços modernizam a infraestrutura de IT e aceleram as cargas de trabalho de AI e machine learning para aprimorar as cargas de trabalho de alto desempenho e com prazo para os clientes SUSE em todos os lugares.”

Adicionado Suporte para Colaboração Imersiva

A tecnologia NVIDIA CloudXR usa a NVIDIA RTX e o software vGPU para oferecer VR e realidade aumentada em redes 5G e Wi-Fi. A vGPU July 2020 adiciona suporte ao VSync de 120 Hz em resoluções de até 4K, proporcionando aos usuários do CloudXR uma experiência imersiva ainda mais fluida em dispositivos sem restrições. Ele cria um nível de fidelidade igual ao das configurações nativas vinculadas.

“A transmissão de AR/VR por Wi-Fi ou 5G possibilita que as organizações realmente aproveitem suas vantagens, permitindo treinamento, design de produtos, arquitetura e construção imersivos”, afirmou Matt Coppinger, Diretor de AR/VR da VMware. “Estamos firmando parceria com a NVIDIA para fornecer com mais segurança aplicações de realidade aumentada e VR executados no VMware vSphere e no NVIDIA Quadro Virtual Workstation, transmitidos usando o NVIDIA CloudXR para a aplicação cliente do Project VXR executado em fones de ouvido autônomos.”

A versão mais atual da vGPU oferece uma experiência melhor ao usuário e a capacidade de gerenciamento necessária para executar cargas de trabalho exigentes, como a nova Omniverse AEC Experience, que reúne o Omniverse, uma plataforma de colaboração em tempo real, o servidor RTX e o software NVIDIA Quadro Virtual Workstation para data centers. O design de referência é compatível com até duas workstations virtuais em uma GPU NVIDIA Quadro RTX, executando várias cargas de trabalho, como as de design colaborativo assistido por computador, além de oferecer uma renderização fotorrealista do modelo em tempo real.

Com o Quadro vWS, uma workstation virtual habilitada para Omniverse pode ser provisionada em minutos para novos usuários, em qualquer lugar do mundo. Os usuários não precisam de hardware de cliente especializado, apenas um dispositivo, notebook ou tablet conectado à internet, e os dados permanecem altamente protegidos no data center.

Melhor Eficiência Operacional para Administradores de IT

Novos recursos na vGPU July 2020 ajudam administradores de IT empresariais e provedores de serviços no cloud a agilizar o gerenciamento, aumentando sua eficiência operacional.

Isso inclui suporte entre filiais, em que os softwares de vGPU do host e do convidado podem estar em versões diferentes, facilitando os upgrades e as grandes implantações.

Os administradores de IT podem passar mais rapidamente para as mais atuais versões de hipervisor e pegar correções, patches de segurança e novos recursos, além de escalonar implantações para imagens do usuário final.

Os data centers empresariais que executam o VMware vSphere terão a eficiência operacional aprimorada com a capacidade de gerenciar VMs com tecnologia de vGPU com o lançamento mais atual do VMware vRealize Operations.

Além disso, o VMware recentemente adicionou suporte ao Distributed Resource Scheduler para VMs habilitadas por GPU no vSphere. Agora, o vSphere 7 apresenta um novo recurso chamado “Assignable Hardware”, que melhora o posicionamento inicial para que uma VM possa ser automaticamente “colocada” em um host que tenha exatamente o perfil e a GPU certos disponíveis antes de ligá-la.

Para a IT, isso significa reduzir o tempo de implementação de novas VMs para alguns minutos, em vez de um processo manual que pode levar horas. Além disso, esse recurso funciona com o High Availability do VMware, portanto, se um host falhar por algum motivo, uma VM habilitada por GPU poderá ser reiniciada automaticamente em outro host com os recursos de GPU corretos.

Disponibilidade

A NVIDIA vGPU July 2020 será lançada em breve. Saiba mais em nvidia.com/virtualização e assista a este vídeo.